A Adversidade e Cruel Aflição de Jó!

Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (Bíblia Sagrada) João 16: 33.

                                 A Adversidade e Cruel Aflição de Jó! 

 

P 01

Olhando nós para um passado distante, temos a oportunidade de ler uma história bem interessante, o livro de Jó. Nós temos especialistas dizendo que o livro de Jó é apenas mais um romance, na verdade sendo, segundo nos consta Jó um personagem contemporâneo do nosso Patriarca Abraão, nos deixa sem sabermos de onde possa ter vindo tal História. Pois o próprio material não nos informa a raiz da autoria. De uma coisa nós temos certeza, o livro de Jó talvez seja o maior exemplo de vida, e de FÉ, que a Bíblia Sagrada nos apresenta. Desde o seu bem estar, passando por todas as suas adversidades, por todos os sofrimentos, enfim, temos aqui um exemplo de vida que pode mover o coração de qualquer ser humano o mínimo sensato.

E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também satanás entre eles. Então, o SENHOR perguntou á satanás: De onde vens? E satanás respondeu ao SENHOR e disse: De rodear a terra e passear por ela. E perguntou o SENHOR á satanás: Observaste tu o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante á ele, homem sincero, reto, temente á Deus, e sempre se desviando do mal. (Bíblia Sagrada) Jó 1: 6-8. Como podemos ver não é tão difícil encontrarmos seres humanos com tais valores, sabemos que não são muitos, mas existem sim, homens e mulheres capazes de dar as suas próprias vidas por amor a Palavra de Deus, por amor a sua Santa Obra.

Todavia em se falando de homens lá do passado, como Abraão, Jó, Moisés, Enoque, Noé e muitos outros, ficaria sim mais difícil, pela falta de conhecimento, pois não havia divulgação do Nome desse Único e Verdadeiro Deus. Algo que me chama atenção aqui, é o fato de que enquanto muitos seres humanos se auto-desprezam, nós temos o prazer de ver um homem com sua amada família lá num passado sem nenhuma evolução, chamando a atenção, das forças do Bem, ou seja do Próprio Deus, e assim também das forças do mal, do próprio satanás. E assim nós podemos ler algo como: De onde vens satanás? E olhe só a resposta, eu venho da terra, presta atenção na Pergunta do Deus Todo-Poderoso. Por acaso você viu lá o meu servo, o meu amigo; Jó? Jó, homem sincero temente há Deus, homem que procura se desviar do mal, e sim, na sua humildade procura agradar á Deus.

Veja você meu caro leitor(a) o valor de um ser humano quando se coloca à disposição do nosso Criador. E lembre-se, esse homem, essa mulher, pode ser você, pode ser eu, desde que nos coloquemos à sua disposição com toda a nossa humildade e valor. Veja bem, meu amigo, minha amiga, meu irmão, minha irmã de fé, Jó o personagem da História era só mais um ser humano, igualzinho á você e eu, capaz de errar, capaz de acertar, capaz de pecar e desagradar á Deus, também capaz de agir com o mínimo de fé, e capaz de agradar á Deus ao pondo de ser capaz de chamar à sua atenção conforme acabamos de ler, satanás, você viu o meu servo Jó, homem de valor?

— Então, respondeu satanás ao SENHOR e perguntou: Porventura, teme Jó á Deus atoa? Porventura, não o cercastes de riquezas á ele, á sua família, e a tudo quanto tem? As obras das suas mãos, abençoaste, e o seu gado está aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não se revolta contra Ti! (Bíblia Sagrada) Jó 1: 9-11. Como podemos ver aqui, o desejo do nosso Criador é sempre nos abençoar, nos ajudar, nos fazer o bem, porém o inimigo das nossas almas como nós podemos ver, o negócio dele é agir sempre ao contrário. Todavia eu costumo dizer que este mundo que ai está funciona como uma espécie de campo de treinamento, é aqui que nós estamos sendo preparados para a Eternidade.

 

P 02

A Bíblia Sagrada nos ensina que lá na Eternidade, nós seremos Reis e Sacerdotes, ou seja, seremos administradores: Políticos, e Espirituais, e para isso estamos sendo preparados aqui, neste mundo difícil: E cantavam um novo cântico, dizendo: Tu és digno de tomar o livro e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus homens de todas as tribos, línguas, e nações; e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. (Bíblia Sagrada) Ap. 5: 9-10. E assim como nós acabamos de ler, lá na Eternidade, nós seremos administradores das Obras do Próprio Deus, como eu costumo dizer, lá na Eternidade nós faremos parte da Existência do nosso Criador. E assim nós não podemos nos esquecer que para tais valores nós precisamos de preparo, de treinamento, e para isso este Mundo em que vivemos funciona como um campo de aprendizado.

A História nos conta que Jó era aquele homem rico, dono daquela região em que vivia, porém, apesar de toda a sua riqueza, ele alcançou uma doze de fé suficiente para que Deus o nosso Criador dele se agradasse. Aliás, como nós podemos ver aqui, ao contrário do que muitos dizem, riqueza não separa o ser humano do seu Criador. Aliás, foram homens e mulheres, ricos e importantes, lá do passado que muito agradaram á Deus. Na verdade o que pode separar o homem, e a mulher de Deus, do seu Criador, não é a riqueza, e sim muitas vezes a falta de sensibilidade. Nós não podemos nos esquecer que esse fator conhecido como fé na vida do ser humano, é algo adquirido da parte de Deus, eu só tenho uma doze de fé, alta ou baixa, porque assim eu adquiri de Deus:

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; porém, isso não vem de vós; é dom de Deus, é um presente Divino.  (Bíblia Sagrada) Efé. 2: 8. O que acontece na vida do ser humano muitas vezes parece ser o fator administração, tem aquele que alcança um pouco de fé e sabendo administra-la consegue agradar á Deus, e tem o outro que alcança uma doze de fé mais elevada, porém não sabendo administrar acaba indo há lugar nenhum. No mundo de hoje onde praticamente toda humanidade é alfabetizada, um grande número da mesma humanidade já tem curso superior, num mundo onde a literatura anda sobrando e muitas vezes gratuitamente, então a humanidade só não conhece o Deus que fundou o Universo, que criou os Céus, a Terra, e tudo mais que aí está porque não quer.

Mas aí há nossa frente estão todas as informações á nossa inteira disposição. Porém, lá no passado, perto de (3.500) três mil e quinhentos anos atrás, para um ser humano se tornar um exemplo de FÉ, com as qualidades de Jó, precisava ter muita disposição para agradar á Deus. Existe algo interessante que a humanidade de um modo geral não sabe, nada acontece por acaso, todas as coisas têm uma razão de ser, tudo que acontece na existência tem a Determinação de Deus. Nesta frase á seguir, você pode ver que tudo o que satanás queria era destruir a vida de Jó, porém ele até então não tinha permissão. Como você leu lá atrás, tire tudo o que ele tem, e verás a revolta dele. Todavia como você verá á seguir, o homem e a mulher de Deus, continuarão sendo de Deus.

Disse o SENHOR á satanás: Eis que tudo quanto ele tem está em teu poder; somente contra ele, pessoalmente, não estendas a mão. E satanás saiu da presença do SENHOR. (Bíblia Sagrada) Jó 1: 12. Vá satanás, tire tudo o que ele (Jó) tem, nós aqui não podemos nos esquecer que esse tudo, começava por (10) dez filhos, genros, noras, e certamente netos, e ainda passava pela vida da amada esposa. Aqui satanás saiu da Presença do Senhor, encontrou Jó, e a desgraça começou na vida do nosso amado personagem. — E sucedeu um dia, em que seus filhos e suas filhas comiam e bebiam vinho na casa de seu irmão primogênito, que veio um mensageiro a Jó e lhe disse:

 

P 03

Os bois trabalhavam, e as jumentas pastavam junto á eles; de repente, deram sobre eles os sabeus, e os levaram, e mataram os servos ao fio de espada; só eu escapei, para trazer-te a notícia. Falava este ainda quando veio outro e disse: Fogo de Deus caiu dos Céus, e queimou as ovelhas e os pastores, e os consumiu; só eu escapei, para trazer-te a notícia. Falava este ainda quando veio outro e disse: Dividiram-se os caldeus em três bandos, deram sobre os camelos, os levaram e mataram aos servos ao fio de espada; só eu escapei, para trazer-te a nova. Também este falava ainda quando veio outro e disse: Estando os teus filhos e tuas filhas comendo e bebendo vinho, em casa do irmão mais velho, eis que se levantou uma grande tempestade do lado do deserto e deu nos quatro cantos da casa, a qual caiu sobre eles, e morreram todos; só eu escapei, para trazer-te a novidade.  (Bíblia Sagrada) Jó 1: 13-19.

 Coloque-se você meu caro leitor(a) no lugar, na vida de um homem desse nessa hora, e veja se o seu coração suportaria tanta barbaridade, imagine se você ainda conseguiria respirar depois de tantas notícias dessa categoria. Porém essa é a hora da verdade, é a hora do ser humano mostrar se realmente ele ou ela tem alguma coisa de Deus em sua vida, porque falar é fácil, o difícil é provar. E quando o ser humano vai entrando numa situação dessa natureza, automaticamente ele vai perdendo a sensibilidade, muito especialmente quando se vê que o que está acontecendo não é normal. Imagine você, amanhecer dono de tudo, e anoitecer sem nada. Anoitecer sem as suas propriedades, sem a sua riqueza até vai, mas imagine você amanhecer com (10) dez filhos ao seu redor, e anoitecer sem nenhum, há coração capaz de suportar?

Imagine você de repente chegando alguém e falando, o ônibus bateu e os seus (10) dez filhos morreram todos. Toda a sua riqueza foi roubada, e todos os seus colaboradores foram assassinados pelos ladrões. Já parou para pensar como estavam aqueles corações, o coração do Sr. Jó, e o coração da sua amada esposa, mãe de (10) filhos que deixaram de existir todos de uma só vez! Eu costumo dizer que, o que é bom já nasce feito, e o que não presta não tem jeito. Olhe só, a reação do homem de Deus, após todas essas notícias. — Então, Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a cabeça e lançou-se em terra e adorou á Deus; e disse: Nu eu saí do ventre de minha mãe, e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu á Deus falta alguma. (Bíblia Sagrada) Jó 1: 20-22.

Nós não podemos nos esquecer, que tudo isso acontecia há (3.500) três mil e quinhentos anos atrás, quando a humanidade não sabia se estava indo ou voltando, sem nenhuma evolução, se nenhuma informação. E assim lá vai o nosso herói, agora, de um dia para o outro sobrevivendo abaixo do nível da miséria, e sem nenhuma noção do que fazer para sequer, continuar vivo! Porém, como acabamos de ler, o homem de Deus com toda a sua humildade, prostrado perante o Único e Verdadeiro Deus, humildemente tudo o que ele faz é ORAR, clamar, certamente chorar aos Pés do Deus Todo-Poderoso, derramando assim as suas lágrimas, a sua alma!

Na verdade é o que eu tenho feito em muitas horas de dor: Dizendo: Eterno e Poderoso Deus, não me abandones, não me desampares, deixe a Sua Misericórdia me alcançar, pois eu não suporto mais tanto sofrimento! Todavia em muitas horas funciona como se Deus tivesse deixado de existir, a oração parece não servir de nada! O interessante de tudo isso, é que o adversário de Deus, o inimigo das nossas almas, não para por aí, ele sempre quer mais, depois de deixar o pobre ser humano naquela desgraça, ele ainda quer mais.

 

P 04

Eu costumo dizer que lúcifer, satanás, tem sido nas Mãos de Deus a maior ferramenta em relação a humanidade, pois é pelos atos desse ser tão áspero, que Deus pode assim provar o valor positivo ou negativo do ser humano. E como nós veremos logo há seguir, satanás aqui ainda não estava satisfeito, dependendo dele muito mais e muito pior ainda aconteceria ao nosso amado personagem, ao maior exemplo de FÉ! E assim a história continua, e numa próxima reunião dos filhos de Deus com o seu Pai Celestial, lá estava ele de novo reivindicando algo mais, numa tentativa de destruir o homem de Deus de uma vez por todas, destruir agora, a fé do homem de Deus. Aliás, fé era tudo o que sobrava na vida daquele homem.

— E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também satanás entre eles apresentar-se perante o SENHOR. Então, o SENHOR perguntou á satanás: De onde vens? E respondeu satanás ao SENHOR e disse: De rodear a terra e passear por ela. E perguntou o SENHOR á satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante á ele, homem sincero reto, temente á Deus, desviando-se do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa. (Bíblia Sagrada) Jó 2: 1-3. Olhando nós para esta mensagem, parece que Deus não deveria ter agido desse jeito, dando ouvidos á satanás, prejudicando com isso o seu servo Jó, mas é como já falamos, seria aqui a hora de provar para satanás, e para toda a existência, o tremendo valor de Jó.

Pois como pudemos ver em Jesus, o Cristo, Ele se rebaixando ao máximo, para valorizar ao máximo a humanidade perdida. — Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo e para que, pela fé, nós recebamos a promessa do Espírito. (Bíblia Sagrada) Gál. 3: 13-14. Segundo acabamos de ler, naquele tempo na terra não existia outra pessoa com tantas qualidades iguais á Jó, o que apesar dos valores do ser humano, mesmo assim é difícil se encontrar alguém com tantas qualidades.

Porque na verdade, acreditar em alguém físico, material, alguém que se pode ver, ouvir, tocar, pode até ser fácil, mas crer, acreditar num Deus que só se sabe que Ele existe por um fator conhecido como FÉ, algo que não vem do próprio ser humano, pois esse fator Fé, na vida do ser humano, ainda é um presente de Deus, e assim Jó dependia disso, para agir com tantas qualidades! Todavia caminhamos por este mundo de dor, em direção há uma Eternidade com Deus, por aqui tudo é passageiro, vida verdadeira e permanente, encontraremos na Eternidade, lá na Presenta do nosso Criador. Porém para o ser humano, essa Vida Eterna teve um preço muito alto, para o ser humano essa vida Eterna custou a Vida do Senhor Jesus Cristo pendurado naquela maldita cruz.

E para desfrutar dessa Vida Eterna o homem e a mulher de Deus precisam de treinamento, daí uma passagem por este mundo de dor. Daí, a situação do nosso personagem, amanhecendo rodeado por toda aquela riqueza e anoitecendo praticamente deteriorado em cima de um monte de cinza. Todavia este é o mundo em que vivemos, com Deus ou sem Deus, tudo por aqui é muito sofrimento. Nós não podemos nos esquecer, que (1.500) mil e quinhentos anos após Jó, aparece Jesus Cristo confirmando: — Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (Bíblia Sagrada) João 16: 33. Um fator muito negativo que existe entre a humanidade, é aquela velha frase, venha para Jesus e pare de sofrer.

 

P 05

Esse entendimento uma vez enraizado no seio da cristandade, veem, dificultando o andamento da Obra de Deus, pois as pessoas de um modo geral vivem procurando uma organização eclesiástica em que na qual se possa viver regaladamente bem, sem nenhum sofrimento do dia a dia, neste mundo difícil que ai está. Como já tivemos a oportunidade de ver, o nosso personagem sendo ele o dono daquela região em que ele habitava com tudo o que tinha dentro, no momento tudo o que sobrava na vida, ao lado dele, era a sua amada esposa. — E perguntou o SENHOR á satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante á ele, homem sincero e reto, temente á Deus, vive desviando-se do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para consumi-lo sem causa. (Bíblia Sagrada) Jó 2: 3.

Mas como já falamos antes o inimigo das nossas almas não tem limite, enquanto ele existir, sempre encontrará algo para disparar contra as Obras de Deus, muito especialmente contra a humanidade, que é a maior Obra das Mãos do nosso Criador. Sendo assim, enquanto satanás ver e ouvir o gemido de Jó, ele satanás, tentará destrui-lo. — Satanás respondeu: — É só tocar na saúde dele para ver o que acontece. As pessoas não se importam de perder tudo desde que conservem a própria saúde, que é a base da vida. Agora, se estenderes a mão e ferires o corpo dele, verás como ele, sem nenhum respeito, te amaldiçoará. (Bíblia Sagrada) Jó 2: 4-5.

Pelo que podemos ver Jó ainda mantinha uma saúde perfeita, aliás, parece que era só o que sobrava na vida dele; era a saúde e a vida da esposa. Realmente ficou uma situação bem delicada, precisamos de força, de muita dedicação, para numa hora dessa, depois de perdermos (10) dez filhos, genros, noras e netos, tudo de uma só vez, ainda termos força para continuar respirando! Mas como acabamos de ver, o nosso herói, o nosso personagem Jó, depois de tudo isso ainda tinha força para glorificar o Nome do Único e Verdadeiro Deus, o Todo-Poderoso. Mas chegou outro dia que os Filhos de Deus foram convocados para mais uma reunião com o Pai Celestial, por incrível que possa parecer sendo satanás também filho de Deus, lá estava ele junto com todos os outros Anjos.

E satanás sendo interrogado sobre a situação de Jó, a resposta foi imediata e tecnicamente explicada. Lá no começo ele havia falado: Tire tudo o que ele tem, e verás que ele blasfemará de ti. Agora ele tem a estupidez de falar que, tirar tudo o que ele tinha não seria motivo para ele renegar á Deus, porém se tocar na saúde dele, então sim, ele blasfemará, ele renegará o Nome do Senhor. Então o Senhor ordena satanás, vá toques na sua saúde, acabe com o pouco que lhe sobra, só não toques na vida dele! Afinal de contas o Senhor Deus Todo-Poderoso conhecia o coração de Jó por dentro e por fora, Ele sabia que num ser humano com aquelas qualidades Ele podia confiar.

— O SENHOR disse á satanás: — Pois bem. Faça o que quiser com Jó, mas não o mate. Aí satanás saiu da presença do SENHOR e fez com que o corpo de Jó ficasse coberto de feridas horríveis, desde as solas dos pés até o alto da cabeça. Jó sentou-se num monte de cinza, e pegou certamente uma lasca de pedra para se coçar. (Bíblia Sagrada) Jó 2: 6-8. Veja bem meu caro leitor(a), depois de uma idade já bem avançada, depois de uma vida certamente de muitas lutas, e muitas vitórias, depois de haver conquistado certamente tudo o que sonhava, de uma hora para outra, tudo vai se desfazendo! As pessoas normalmente costumam falar que a saúde é tudo, eu costumo dizer que saúde não é tudo, mas quando ela falta, as coisas começam se complicar, realmente.

 

P 06

Como se costuma falar por aqui parece que a vida do nosso amado personagem estava chegando abaixo do fundo do poço, e o que é pior, numa situação dessas, olhando-se ao redor, geralmente não vê saída. Veja bem meu caro leitor(a), até aqui tudo o que sobrava na vida do nosso amado personagem, era a própria esposa, mas chegou a hora em que ela não suportando mais tantas barbaridades, eu tenho a impressão que ela acabou dando fim há própria vida! — Então, sua esposa lhe perguntou: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa á Deus e morre. Mas ele lhe disse: Como fala qualquer louca, assim falas tu; receberemos o bem de Deus e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.  (Bíblia Sagrada) Jó 2: 9-10.

Imagine você meu caro leitor(a), uma pobre mãe sendo acordada pela manhã cedo para receber uma notícia dessa natureza: Um vendaval derrubou a casa em que estavam os seus (10) dez filhos, genros, noras, certamente netos, e morreram todos! A pergunta que não quer calar ainda é: Como você mulher moderna, mãe atual receberia uma notícia dessa natureza? A Igreja de Cristo sobre a terra nos nossos dias representa uma espécie de resumo da apuração da humanidade que ai está, feita pelo Senhor nosso Deus. Só que essa Igreja em muitos pontos vem fazendo uma interpretação errônea dos valores de Deus em relação á humanidade, as pessoas de um modo geral não conseguem assimilar aquela frase: — Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; porém no mundo terão aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (Bíblia Sagrada) João 16: 33.

No mundo de hoje as pessoas estão correndo loucamente em busca de riquezas para esta vida, sempre se esquecendo que este mundo que ai está, ainda é só mais um mundo de dor, de sofrimento! E o ser humano que alcançou o mínimo de fé, e a possibilidade de agradar á Deus, precisa se dispor há fazê-lo com toda disposição, enfrentando o mundo que aí está com todos os seus males, com todo sofrimento que ele oferece. O nosso amado personagem chegou o momento em que tudo o que lhe restava era o amor e a compreensão da sua amada esposa. Mas como acabamos de ler, ela a esposa chegou a hora em que não suportando mais tantas desgraças, pelo que eu particularmente entendi decidiu dar um fim há sua própria vida tão sofrida!

Como você acabou de ler, renega esse teu Deus e morra, ou seja, na minha compreensão, esqueça tudo e vamos dar um fim nas nossas vidas tão sofridas. Ao chegar à Eternidade, lá Presença de Deus naquele Grande Dia, eu quero me lembrar de procurar aquele santo que, aqui na terra foi a esposa de Jó, quero convidá-lo para nos sentarmos á Beira do Rio da Vida e conversarmos sobre a passagem dele aqui pela terra, como sendo a esposa de Jó! Eu acredito que ele, aquele santo que aqui na terra foi a esposa de Jó, terá muito para me contar lá na Eternidade. Renegue esse teu Deus, e vamos nos suicidar, eu acredito que tenha sido essa a proposta ao seu amado esposo, naquele estado de miséria deplorável que ele; aliás, que eles se encontravam.

A resposta dele, é algo mais ou menos como: Você fala como uma louca, aliás na situação dela eu particularmente já teria enlouquecido há muito tempo. A partir desse momento, nós não temos mais notícias dela, da esposa de Jó. — Jó tinha três amigos: Elifaz, da região de Temã; Bildade, da região de Sua; e Zofar, da região de Naamá. Eles ficaram sabendo das desgraças que haviam acontecido á Jó e combinaram fazer-lhe uma visita para falar de como estavam tristes pelo que lhe havia acontecido e para consolá-lo. De longe eles não reconheceram Jó, mas depois, quando viram que era ele, começaram a chorar e a gritar.

  

P 07

Em sinal de tristeza, rasgaram as suas roupas e jogaram pó para o ar e sobre a cabeça. Em seguida sentaram-se no chão ao lado dele e ficaram ali sete dias e sete noites; e não disseram nada, pois viam que Jó estava sofrendo muito. (Bíblia Sagrada) Jó 2: 11-13. Numa hora dessas a gente perguntaria, como sobreviveu um ser humano naquele estado de saúde, psicológico, e tudo mais. E o que é mais interessante, em muitas horas glorificando o Nome do Senhor Deus Todo-Poderoso. Na verdade é o que eu venho falando, o ser humano nasce vocacionado, preparado para ser, ou não será. Em certa oportunidade o Senhor Jesus sendo questionado sobre essa questão, respondeu o seguinte: — Porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos. (Bíblia Sagrada) Mat. 22: 14.

E assim se nós olharmos para a História dos Hebreus, se olharmos para a História da Igreja de Cristo, veremos coisas muitas vezes inacreditáveis, acontecendo com pessoas aparentemente sem nenhum valor. Todavia o que agrada á humanidade, nem sempre agrada á Deus, e ao contrário. Muitos são chamados, porém poucos são escolhidos, e aqui nós temos oportunidade de ver um Jó chamado, escolhido e aprovado pelo Único e Verdadeiro Deus. Acabamos de ler que alguns dos seus amigos que certamente há algum tempo não o viam, ficaram sabendo da sua deplorável situação, e vieram visitá-lo. A História nos conta que se aproximando ainda de longe ao ver o seu amigo, eles não o reconheceram, tão deplorável era o estado, a situação de Jó.

A História nos conta que ao se juntarem, as discussões começaram há acontecer. Cada um de seus amigos encontrava uma razão para tanto sofrimento na vida de Jó, uma vez que eles o conheciam antes daquela crise vivendo maravilhosamente bem. Não achando assim, razão para tanto sofrimento. A História nos conta que o nosso personagem chegou mesmo ao triste ponto de amaldiçoar o dia do seu nascimento, pois eu particularmente já cheguei há triste conclusão, por aqui se vive ou se morre, pois meia vida lá em casa também não serve! — Depois disto, abriu Jó a boca e amaldiçoou o dia do seu nascimento. E Jó, falando, disse: Pereça o dia em que nasci, e a noite em que se disse: Foi concebido um homem! Converta-se aquele dia em trevas; e Deus, lá de cima, não tenha cuidado dele, nem resplandeça sobre ele a luz! (Bíblia Sagrada) Jó 3: 1-4.

Eu particularmente já tive o desprazer, de ver homem de Deus, no fim dos seus dias, lá na velhice, depois de tantos sofrimentos pela vida afora, ainda adquirir um câncer na garganta, e durar mais (4) quatro anos sendo rolada em cima de uma cama de um lado para o outro pela esposa, por seus familiares. Dá para ter uma ideia do sofrimento daquele homem, e daquela família, ver o seu pai, o seu esposo respirando por mais (4) quatro anos de verdadeiro tormento? Como você já leu lá atrás este é o mundo que nós temos para viver, porém, é aqui que nós temos que continuar a nossa jornada, até o dia de descermos à sepultura. Os amigos do nosso personagem, que vieram lhe visitar, depois de tanto dias olhando para Jó, finalmente agora ouvindo Jó falar alguma coisa, eles também começaram á falar:

— Então Elifaz, da região de Temã, em resposta disse: “Jó, será que você ficará ofendido se eu falar”? Mas quem é que pode ficar calado? Você ensinou muita gente e deu forças á muitas pessoas desanimadas. Quando alguém tropeçava, cansado e fraco, as suas palavras o animavam á ficar de pé. Mas agora que chegou a sua vez de sofrer, como é que você perde a paciência e a coragem? O seu temor á Deus não lhe dá confiança? A sua vida correta não o enche de esperança? (Bíblia Sagrada) Jó 4: 1-6. Muitas vezes não é o que nós falamos que faz a diferença, e sim como falamos, Elifaz, o amigo de Jó falou verdadeiras maravilhas, porém, a forma dele falar bruscamente acabou ofendendo á Jó.

 

P 08

É muito bonito, é maravilhoso a gente ficar sabendo que Jó não só desfrutava das bênçãos de Deus, mas ele também as passava para as outras pessoas necessitadas. Você meu caro leitor(a) já deve ter ouvido pessoas testificando, falando que Deus nas suas vidas é só maravilha, porém é aquilo que nós já lemos lá atrás, no mundo terão aflições, mas tende bom ânimo, pois Eu venci o mundo. E ter bom ânimo na hora da dor, realmente fica muito difícil, pois é fácil sorrir na hora da felicidade, mas na hora da dor, tudo o que se consegue fazer geralmente é chorar. E o nosso amado personagem, apesar dos seus valores como homem de Deus, depois de tanta dor, nem lágrimas não existiam mais. E assim o amigo Elifaz continua repreendendo Jó quando diz:

— Você lembra de alguma pessoa inocente que tenha caído na desgraça ou de alguma pessoa honesta que tenha sido destruída? Tenho notado que os que aram campos de maldade e plantam sementes de desgraça só colhem maldade e desgraça. Como uma tempestade, Deus os destrói na sua ira. Porém, os bons, os retos são preservados. (Bíblia Sagrada) Jó 4: 7-9. O triste de tudo isso é que nessa hora é muito fácil falar, mas difícil é aceitar o sofrimento. Muito especialmente quando o sofrimento passa dos limites. E como já tivemos a oportunidade de ver, no caso de Jó, o sofrimento não teve limite, o sofrimento aqui foi até a destruição total, pelo pouco que eu tenho entendido, na vida de Jó nada sobrou.

E numa hora dessas para se manter a amizade o ideal é sentar ao lado do amigo sofrido, e ficar calado(a) esperando se possível a crise passar. Pois nessa hora parece que tudo que a gente falar, acaba ofendendo a pessoa sofrida. E assim, talvez a forma dele falar tenha ofendido Jó que já estava abaixo do nível do sofrimento. Não se contentando depois de tanto falar, o amigo Elifaz resolve repreender Jó, aconselhando-o há buscar á Deus, tentando assim ensiná-lo tudo aquilo que ele, Jó já sabia melhor do que ninguém. — Grite Jó! Veja se alguém responde. Que anjo você vai chamar? Ficar desgostoso e amargurado é loucura, é falta de juízo, que leva à morte. Uma vez vi um homem sem juízo que parecia estar progredindo na vida, mas eu amaldiçoei a família dele. Os seus filhos não têm segurança; nos tribunais são condenados injustamente, e não há ninguém que os defenda.

Os famintos ficam cobiçando as suas riquezas; devoram as suas colheitas, pegando até o trigo que nasce entre os espinhos. A aflição não brota da terra; a desgraça não nasce do chão: Somos nós mesmos que causamos o sofrimento, tão certo como as faíscas das brasas voam para cima.  (Bíblia Sagrada) Jó 5: 1-7. Não parece real, mas só o que esse homem sendo amigo falou naquele estado de desespero, não haveria palavras para justificar. Na verdade parece que tem hora que é melhor a solidão, do que uma amizade dessa natureza. — Jó, se eu fosse você, voltaria para Deus e entregaria o meu problema á ele. (Bíblia Sagrada) Jó 5: 8. Olhe só o que esse homem, se dizendo amigo, conhecendo Jó, teve a coragem de falar, ao maior exemplo de fé de toda nossa História.

E assim aqui nós temos a oportunidade de ler quando o nosso personagem desabafa dizendo: — Ah! Se a minha desgraça e os meus sofrimentos fossem postos numa balança, com certeza pesariam mais do que a areia do mar. E foi por isso que falei com tanta violência. (Bíblia Sagrada) Jó 6: 2-3. Ele aqui precisava de palavras de conforto, ou de muito silêncio, pois quando não se tem algo para ajudar, também não se deve atrapalhar. E você meu caro leitor(a) pode imaginar o estado de miséria que chegou o nosso personagem Jó, ao ponto de imaginar uma balança para pesar o seu sofrimento, daí o título dessa mensagem: Cruel Aflição de Jó! — Ah! Se Deus me desse o que estou pedindo!

 

P 09

Ah! Se Deus respondesse à minha oração! Então ele me tiraria a vida; ele me atacaria e acabaria comigo! Se eu soubesse que Deus faria isso, daria pulos de alegria, mesmo sofrendo muita dor. Pois Deus é santo, e eu nunca fui contra as suas decisões. (Bíblia Sagrada) Jó 6: 6-10. Para você leitor(a) pode até mesmo parecer brincadeira, mas eu particularmente já passei por momentos bem parecidos. Eu mesmo já tive a triste oportunidade de ORAR á Deus pedindo forças para me suicidar, orando á Deus e dizendo, Senhor com o suicídio, eu acabarei na perdição, porém, mesmo caindo na perdição, não me deixe blasfemar o Teu Santo Nome. E sei que escrevendo isso pode parecer apenas mais uma brincadeira, mas acredite meu amigo(a), eu falo sério! Mundo difícil é o que temos para viver, todavia é aqui que nós temos que ficar e andar até aquele dia em que desceremos há sepultura, e sempre agindo como o nosso amado personagem, Jó falando, Deus nos deu, Ele permitiu que nos fosse tirado.

Nessa última mensagem que acabamos de ler, Jó coloca a sua vida há disposição de Deus, quando diz algo mais ou menos assim: Restitua a minha vida, ou tire o pouco que me resta! Parece que aqui o mais triste, é que Jó tinha três amigos, quando um parava o outro começava, á falar tudo de novo, depois de tanto sofrimento suportar (3) três amigos dessa qualidade deve não ter sido fácil. — Então, respondeu Bildade, o suíta, e disse: Até quando falarás tais coisas, e as razões da tua boca serão qual vento impetuoso? Porventura, perverteria Deus o direito, e perverteria o Todo-poderoso a justiça? Se teus filhos pecaram contra ele, também ele os lançou na mão da sua transgressão.

Mas, se tu de madrugada buscares a Deus e ao Todo-poderoso pedires misericórdia, se fores puro e reto, certamente, logo despertará por ti e restaurará a morada da tua justiça. O teu princípio, na verdade, terá sido pequeno, mas o teu último estado crescerá em extremo. (Bíblia Sagrada) Jó 8: 1-7Tem hora que ter amigos pode ser realmente muito bom, mas parece que o nosso personagem, Jó de repente estava rodeado de uma trempe bem complicada. Então como se não bastasse todo o seu sofrimento, ainda aparecem os amigos para perturba-lo trazendo mais uma montanha de acusações e multiplicando assim muitas vezes a sua dor, acusando-o de irreverência em ralação á Deus.

Pelo o pouco que eu entendi, o pouco que essas pessoas entendiam sobre Deus o Todo-Poderoso, haviam aprendido exatamente com ele, com Jó. E apesar de todas as suas desgraças, ele continuava firme no propósito e na intenção exatamente de agradar á Deus. E numa hora destas, ele necessitava da maior compreensão, e não de acusações. Todavia apesar de tudo ele aceita a ideia de se retratar diante de Deus dizendo: — Na verdade, eu sei que assim é; porque, como pode o homem ser justo para com Deus? Como, então, lhe poderei eu responder ou escolher as minhas palavras, para argumentar com ele? (Bíblia Sagrada) Jó 9: 2, 14. E aqui o nosso personagem mais uma vez aceita as determinações de Deus na sua vida quando diz:

Na verdade eu sei que a justiça do ser humano diante de Deus não existe. Mas infelizmente para Jó ele tem mais um amigo, para lhe falar alguma coisa, o que virá por ai. — Então Zofar, da região de Naamá, em resposta disse: Será que todo esse comentário vai ficar sem resposta? Por acaso, quem fala muito é quem tem razão? Jó, você pensa que não temos resposta? Pensa que as suas zombarias vão nos fazer calar a boca? Você diz que o seu modo de pensar está certo e afirma que é inocente diante de Deus. Eu gostaria que Deus falasse e lhe desse uma resposta! Ele lhe ensinaria os segredos da sabedoria, pois há mistérios na explicação das coisas. Assim, você veria que Deus o está castigando menos do que você merece. (Bíblia Sagrada) Jó 11: 1-6.

 

P 10

Sinceramente esta seria a hora em que eu particularmente preferia não ter amigos. Afinal de contas se amigos servem para isso, então seria melhor não tê-los. Mas parece que até mesmo esses amigos deveriam fazer parte do material preparado para atormentar a vida o pobre Jó. E aqui parece que o homem de Deus acorda do seu pesadelo, e alguma coisa da parte dele começa há fluir, e assim temos mais uma vez o prazer de ler alguém falando realmente com sabedoria. — Então em resposta Jó disse: Sem dúvida, vocês são a voz do povo, e, quando morrerem, não haverá mais sabedoria… Mas eu também entendo as coisas e não sou menos do que vocês. Quem não sabe isso que vocês disseram? Sou motivo de riso para os meus amigos — eu, que sou honesto, que estou inocente; eu, que orava a Deus, e ele me respondia.

Os que estão seguros desprezam os desgraçados e empurram os que estão para cair. Os bandidos têm paz em suas casas, os que ofendem á Deus vivem tranquilos, embora o seu deus seja a sua própria força. Zofar, faça perguntas às aves e aos animais, e eles o ensinarão. Peça aos bichos da terra e aos peixes do mar, e eles lhe darão lições. Todas essas criaturas sabem que foi a mão do SENHOR que as criou. (Bíblia Sagrada) Jó 12: 1-9. Na verdade o que não dá para entender numa hora dessas é o tamanho da estupidez de algumas pessoas como aqueles amigos de Jó. Pois como acabamos de ler o grau de estupidez dos homens foi tão elevado que o próprio Jó apesar da situação deplorável que se encontrava, ainda encontrou coragem para repreendê-los falando com tanta sabedoria que nos deixa impressionados.

É aquilo que eu venho falando, o que é bom, já nasce feito, porém, o que não presta não tem jeito. O nosso amado personagem, Jó continua sendo, na minha maneira de pensar, o maior exemplo de FÉ de toda História da humanidade. E assim, ali estava um homem cheio de fé, cheio de sabedoria, de humildade, enfim, ele tinha todos os valores de um grande homem de Deus, e como tal ele agia. E aqui nós podemos ler algo, que muito me chama atenção: — Eu orava há Deus, e Ele me respondia. Na vida do homem e da mulher de Deus tem hora que as coisas ficam tão difíceis que a própria ORAÇÃO, vira apenas mais um amontoado, e uma repetição de palavras se nenhum valor, tem hora que chega mesmo á parecer que o Deus Todo-Poderoso deixou de existir.

E a prova de que isso não é apenas mais uma loucura minha está aí: O nosso personagem falando, certamente derramando lágrimas quando diz: — Eu orava há Deus, e Ele me respondia. Eu particularmente não estou aqui querendo me comparar ao Jó, e a nenhum grande homem de Deus lá do passado, mas há alguns anos atrás eu mergulhei numa situação, e ela persiste, e aqui estou eu preferindo em muitas horas a morte, á situação em que estou atravessando. Aqui sem querer imitar há quem quer que seja, eu poderia fazer minhas, as palavras de Jó, eu ORAVA á Deus e Ele me respondia, porém nos últimos anos muitas vezes eu tenho a impressão que o Deus Todo-Poderoso deixou mesmo de existir!

Mas como você já leu lá atrás, este é o mundo que temos para viver, é aqui que nós estamos sendo preparados para a Eternidade, para um dia chegaremos há Santa Presença de Deus. Por outro lado aqui nós temos a oportunidade de ver o Grande Homem de Deus demonstrando o começo da sua recuperação para com os seus amigos, demonstração que acabou chegando até nós. E assim mais uma vez nós podemos ver o valor do conhecimento de Deus que o nosso personagem tinha quando mais uma vez fala aos seus amigos: — Deus revela os segredos escondidos nas trevas e faz a luz brilhar na escuridão mais completa. (Bíblia Sagrada) Jó 12: 22.

 

P 11

Em todos os momentos nós temos o desprazer de ver e ouvir pessoas falando de Deus, porém na maioria das vezes sem a menor noção do que estão querendo dizer. No entanto o que acabamos de ler, nos faz entender que Jó realmente tinha sabedoria e conhecimento dos valores do Deus que ele realmente servia e adorava. — Estou pronto para arriscar a vida, pronto para enfrentar a morte. Não tenho mais esperança, pois Deus me matará; mas assim mesmo defenderei a minha causa diante dele. Talvez esta coragem venha a salvar-me, pois nenhuma pessoa má iria até a presença dele. Ouçam com atenção o que estou dizendo; escutem as minhas explicações. Estou pronto para defender a minha causa e sei que estou com a razão. Mas, se Deus disse:

‘Quem se atreve á discutir comigo no tribunal?’, então terei de me calar e morrer. Ó Deus, eu te peço apenas duas coisas e assim não me esconderei de ti: Não me castigues mais e não me faças sentir tanto medo. (Bíblia Sagrada) Jó 13: 14-21. Olhe você meu caro leitor(a) ao ponto que chega o pobre ser humano atormentado por essa vida, nesse mundo que ai está, colocando a própria vida há disposição de Deus; na base do: Faça dela o que quiseres, mas por misericórdia me dê um pouco de ALÍVIO, porque eu não suporto mais tanto sofrimento! O triste é que muitas vezes nós olhamos para História não nos damos conta de que esse tipo de coisa é comum entre a humanidade.

Muitas vezes nós não nos damos conta de que Jó, por exemplo, era só mais um ser humano, igualzinho á você e eu, capaz de sorrir, capaz de chorar, muitos dentre nós capaz de não suportando mais tanto sofrimento, dando cabo á própria vida. E no, entanto aqui continua o nosso amado personagem, depois de tantas barbaridades ainda exaltando a sabedoria, os valores de Deus. Esse é o Jó, o exemplo de Fé, que eu aprendi á conhecer. E assim Jó finalmente procura chamar a atenção de Deus para as suas misérias, para o seu sofrimento, achando que depois de tudo aquilo que estava passando seria o fim dos seus dias por aqui, porém o que ele não sabia, é que de certa forma a vida dele estava só começando. Ele não sabia que muitos anos de vida, e muita riqueza ainda estavam por vir. — Ó Deus, chama-me ao tribunal, e eu responderei; ou eu falarei primeiro, e tu responderás. Quantas faltas e pecados cometi?

De que erros e pecados sou acusado? Por que te escondes de mim? Por que me tratas como inimigo? Eu sou como a folha levada pelo vento: Por que me assustas? Sou como a palha seca: Por que me persegues? (Bíblia Sagrada) Jó 13: 22-25. E assim aqui nós temos mais uma vez a oportunidade de ver Jó, pedindo de certa forma uma explicação ao Senhor Deus Todo-Poderoso. Pois ele Jó, apesar de ser apenas mais um ser humano, tem certeza de não ter cometido nenhum pecado, nenhum crime contra o seu Criador ao ponto de estar pagando um preço tão alto. Pois errar é coisa natural do ser humano, mas o preço que o nosso amado personagem pagou, não foi uma cobrança, e sim uma prova, um meio de Deus mostrar para a humanidade o valor que o ser humano pode alcançar diante do seu Criador.

Somos apenas seres humanos sim, mas ainda somos a criação mais importante de toda a existência, abaixo do Nosso Criador, é claro. Por favor, dê só uma olhada nessa frase há seguir, e medite, veja o valor que você tem: — Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? (Bíblia Sagrada) I Cor. 6: 3. Todavia o ser humano deve ser o primeiro há se alto valorizar, abandonando o mundo e o pecado, chegando-se à Deus o nosso Criador, e fazendo como fazia Jó, se colocando inteiramente à sua disposição, Deus na minha, na sua vida sempre em primeiro LUGAR.

 

P 12

Mesmo apodrecendo vivo em cima de um monte de cinza, mas sempre que for possível, Glorificando á Deus, mesmo que seja em silêncio, em Espírito e em Verdade. — Mas a hora vem, e agora é a hora, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem. (Bíblia Sagrada) João 4: 23. Como já falamos antes, nesta vida nós estamos sendo preparados para a Eternidade, então tudo o que acontecer por aqui, nós precisamos de força para superar, e ânimo para prosseguir com a nossa humilde caminhada. — Todos somos fracos desde o nascimento; a nossa vida é curta e muito agitada. O ser humano é como a flor que se abre e logo murcha; como uma sombra ele passa e desaparece. (Bíblia Sagrada) Jó 14: 1-2.

Porém como nós podemos ver aqui, o nosso amado personagem continua há se depreciar diante de Deus, colocando o pouco que lhe resta à sua inteira disposição. Conforme acabamos de ler, o ser humano é como uma sombra, ele passa e desaparece. — Mas você quer acabar com o sentimento religioso; se dependesse de você, ninguém oraria a Deus. (Bíblia Sagrada) Jó 15: 4. Aqui nós temos a oportunidade de ler mais uma vez, os amigos continuam perturbando a vida do homem de Deus, falando os maiores absurdos, como você já leu lá atrás, nestas horas sem amigos seria realmente melhor! — Então em resposta Jó disse: Já ouvi tudo isso antes; em vez de me consolarem, vocês me atormentam. Será que essas palavras ocas não têm fim? Por que vocês não param de me provocar?

Se vocês estivessem no meu lugar, eu também poderia dizer o que estão dizendo. Eu balançaria a cabeça, com um jeito de sábio, e os esmagaria com um montão de palavras. (Bíblia Sagrada) Jó 16: 1-4. Sinceramente não parece real, pois se fosse uma pessoa isoladamente falando, fazendo coisas dessa natureza até daria para entender, mas olhe só, eram (3) três pessoas diferentes agindo erradamente da mesma forma, como se tivesse uma só cabeça e um só coração. A gente fica feliz porque apesar de tudo, o grande homem de Deus ainda consegue forças, ânimo para rebater tantas provocações. E assim consegue trazer até nós essa maravilhosa lição de Fé, provando assim realmente o grande homem de Deus que ele era. — Então em resposta Jó disse: Até quando vocês vão ficar me atormentando e me ferindo com as suas palavras?

Vocês já me insultaram várias vezes. Será que não se envergonham de me tratar tão mal? Mesmo que eu fosse culpado, será que o meu erro prejudicaria vocês? Vocês pensam que são melhores do que eu e acham que a minha desgraça prova que sou culpado. (Bíblia Sagrada) Jó 19: 1-5. E assim como acabamos de ler, finalmente chegou a hora em que Jó, não suportando mais passou há reagir com palavras, fazendo assim os seus amigos saberem a sua dura realidade, e o tamanho da sua inocência. Aliás, bem no final de tudo parece que o maior sofrimento de Jó acabou sendo na verdade os insultos dos seus amigos, que há princípio vieram para consolá-lo, acabando finalmente destruindo o pouco de ânimo que lhe restava.

Aqui em outras palavras os amigos de Jó estão lhe acusando de haver pecado contra Deus, e por isso o seu sofrimento seria, Deus lhe castigando. Logo à frente você verá Jó mostrando aos seus amigos que na verdade os ímpios, ou seja, aquelas pessoas que vivem longe de Deus, muitas vezes vivem maravilhosamente bem, enquanto que o homem de Deus, o maior exemplo de Fé, vive mergulhado numa situação daquela natureza. — Então em resposta Jó disse: O melhor consolo que vocês me podem dar é escutar com atenção as minhas palavras. Tenham paciência enquanto falo; depois que eu terminar, vocês podem zombar de mim. Não é de nenhum ser humano que me queixo e é por isso que estou tão impaciente.

 

P 13

Se vocês olharem para mim, porão a mão na boca, assustados. Quando penso no que aconteceu, fico perturbado, e o meu corpo todo treme. Por que será que os maus continuam vivos? Por que chegam ricos à velhice? Eles têm filhos e netos e vivem para vê-los bem crescidos ao seu redor. Nada ameaça a segurança dos seus lares, e Deus não os castiga. (Bíblia Sagrada) Jó 21: 1-9. No mundo em que vivemos muitas vezes as coisas realmente funcionam assim, os que levam a vida há sério acabam pagando pelos que fazem tudo errado, em relação á Deus, á política, á sociedade e tudo mais. Os bons acabam pagando pelos maus. No caso do nosso amado personagem Jó, não teria sido diferente, enquanto ele agia com todos os valores como um homem de Deus, a humanidade se deliciava aproveitando tudo o que esse mundo que ai está oferece, mesmo sem nenhum valor, e ainda contrariando a vontade de Deus.

Então chegou a hora do Senhor Nosso Deus mostrar à satanás, e para a humanidade que apesar de tudo ainda existia no mundo, um homem sincero, honesto e temente á Deus. Se é que essa demonstração teria um preço, e infelizmente, somos nós o homem e a mulher de Deus quem acaba pagando.— Será que Deus usaria todo o seu poder contra mim? Não! Estou certo de que ele me ouviria. Sou um homem honesto. Eu poderia apresentar a minha causa á Ele, á Deus e de uma vez por todas Ele me declararia inocente. (Bíblia Sagrada) Jó 23: 6-7. Não suportando mais tantas acusações o homem de Deus finalmente chegou há uma conclusão; tentar descobrir o que o próprio Deus teria contra mim, e se possível se retratar!

Chegando mesmo ao ponto de perguntar, será que O Deus Todo-Poderoso usaria todo o seu poder contra mim? Olhe você com atenção e veja a aflição, o desespero daquela pobre alma! Tem hora que parece que, para todo lado que a gente se vira tem alguma coisa espetando, furando, esmagando, destruindo a vida da gente neste mundo tão difícil. Mas nós não podemos nos esquecer, que a caminhada de Jó, aqui está de certa forma, só começando, a sua caminhada também, meu caro leitor(a), então ânimo, vamos continuar porque Jesus , o Cristo está voltando em busca da Sua Igreja, e nós precisamos estar preparados para irmos ao encontro do Senhor. E aqui nós podemos ver o homem de Deus insistindo na sua inocência.

— E Jó continua o seu comentário falando: Juro por Deus, pelo Todo-Poderoso, que não quer me fazer justiça e que enche de amargura o meu coração, juro que, enquanto ele me der forças para respirar, os meus lábios nunca dirão coisas más, e a minha língua não contará mentiras. Nunca direi que vocês têm razão de me acusar; enquanto viver, insistirei na minha inocência. Fico firme e não desisto de dizer que estou certo, pois a minha consciência nunca me acusou. (Bíblia Sagrada) Jó 27: 1-6. Meu caro leitor(a) como você pode ver não são muitos os seres humanos que podem falar assim! Todavia Jó, o grande homem de Deus, tinha certamente uma consciência verdadeiramente limpa diante de Deus, o seu Criador, e sendo assim ele podia falar, a minha consciência nunca me acusou. Eu particularmente até não descordaria do amigo Bildade:

— Pode alguém ser correto diante de Deus? Pode um simples mortal deixar de ser culpado? (Bíblia Sagrada) Jó 25: 4. Porém, repetindo o que disse Jó, a minha consciência nunca me acusou. Jó como nós bem sabemos, era um ser humano sim, mas tinha realmente os seus valores perante Deus o seu Criador. E eu sou da seguinte opinião, devemos dar valor á quem tem, e Jó realmente era um ser humano de muito valor perante Deus. E assim como Jó eu acredito que dentre a humanidade que aí está, todo dia encontram-se homens e mulheres verdadeiramente de Deus, capazes de dar suas vidas por amor à sua Santa Palavra, e a sua Santa Obra.

 

P 14

— Ah! Se eu pudesse voltar meses atrás, para os dias em que Deus me protegia! Naquele tempo, Deus iluminava o meu caminho, e com a sua luz eu podia andar na escuridão. Naqueles dias, eu estava bem de vida, e a amizade de Deus era a proteção do meu lar. O Todo-Poderoso estava comigo, e os meus filhos viviam ao meu redor. (Bíblia Sagrada) Jó 29: 2-5. Aqui o nosso herói para, e certamente chorando relembra os dias passados, não há muito tempo. Pois há alguns dias atrás ele tinha (7) sete filhos, (3) três filhas, e certamente genros, noras e netos, e agora tudo que lhe resta certamente são muitas lágrimas, muita tristeza e muita dor.

E assim aqui nós podemos ler: Ah! Se eu pudesse voltar meses atrás, nós aqui nunca podemos nos esquecer que apesar de tudo, Jó também era um ser humano, capaz de sorrir, e capaz de chorar. É bom lembrar que depois de muito sofrimento, o ser vivo, muito especialmente o ser humano, esmorece, perde a força, perde o ânimo até mesmo de respirar, chegando ao ponto, de preferir a morte, há continuar o sofrimento. No entanto, aqui o nosso personagem ainda encontrava forças para discutir com os seus amigos, e até mesmo para honrar, e glorificar á Deus. — Mas agora homens mais jovens do que eu zombam de mim. Os pais deles não valem nada; eu não poria essa gente nem com os cachorros que cuidam do meu rebanho. (Bíblia Sagrada) Jó 30: 1.

Como se não bastasse, Jó tinha pelo jeito uma vizinhança socialmente falando de classe baixa, um pessoal que dependia socialmente, financeiramente dele para sobreviver, sendo assim o respeitavam. Mas agora, vendo-o naquele estado de miséria, ao invés de se compadecer dele, começaram há zombar dele, e até mesmo provavelmente há maltratá-lo pela situação deplorável em que ele se encontrava. Imagine você, depois de todas as perdas, ainda ter que enfrentar uma vizinhança dessa natureza. Na verdade as coisas por aqui funcionam mais ou menos assim, quando a árvore está em pé, as aves usam-na para pousar, para fazer os seus ninhos, passam o tempo cantando nos seus ramos, mas se numa tempestade a árvore cair, as aves não mais a encontrarão.

Como você já leu lá atrás, este é o mundo que nós temos para viver, um mundo de muita dor, de muito sofrimento! Todavia, este é o nosso campo de treinamento para uma Eternidade com Deus o nosso Criador. — Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus; (Bíblia Sagrada) Mat. 5: 10. E assim o nosso amado personagem continua à sua caminhada de desespero, enfrentando tudo que lhe aparece, e esperando da parte de Deus, um pouco de alívio, certamente! Na época ele, Jó, não tinha a menor ideia do que Deus havia preparado para ele, porém neste caso fica a pergunta, valeu a pena tanto sofrimento? Sinceramente, eu particularmente acho que não, todavia valeu a Intenção Divina, Jó demonstrando para toda a humanidade futura os seus planos em relação à humanidade, e a sua vida neste mundo.

E assim como você verá á seguir, aparece mais um amigo, desta vez parece que para destruir o pouco que restava do nosso amigo Jó. — Por isso, Jó, escute as minhas palavras e preste atenção em tudo o que vou dizer. Estou pronto para começar e vou falar o que penso. Darei a minha opinião com franqueza; as minhas palavras serão sinceras, vindas do coração. Pois foi o Espírito de Deus que me fez, e é o sopro do Todo-Poderoso que me dá vida. Responda-me, se for capaz; prepare-se para discutir comigo. Para Deus você e eu somos iguais; eu também fui formado do barro. Por isso, não tenha medo de mim; a minha intenção não é esmagar você. Creio que ouvi você dizer o seguinte:

 

P 15

Não sou culpado; não fiz nada de errado. Estou inocente; não cometi nenhum pecado. É Deus quem inventa motivos para me atacar; ele me trata como se eu fosse um inimigo. Ele amarrou os meus pés com correntes e fica vigiando tudo o que eu faço. Mas eu lhe digo que você não tem razão, pois Deus é maior do que as criaturas humanas. (Bíblia Sagrada) Jó 33: 1-12. Eu até não diria que as palavras dessas pessoas não tenham seus valores, o problema muitas vezes não está no que se fala e sim, como e quando se fala. E assim parece que á cada momento na vida de Jó a desgraça se tornava maior. Na verdade aqui entra aquela frase do Senhor Jesus quando diz: — Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver, até o que tem ser-lhe-á tirado. (Bíblia Sagrada) Mat. 25: 29.

Isso quer dizer: Quando as coisas vão bem, á cada dia alguma coisa melhor acontece, porém, quando tudo vai mal á cada dia pode piorar. E isso foi o que aconteceu na vida de Jó, ele chegou muito abaixo do fundo do poço! Pois chegou ao ponto que parece que toda Existência estava contra ele. O triste por aqui, é que numa hora dessas o ser humano prefere a morte, mas até a morte foge dele, chega mesmo a hora em ele olha ao seu redor e vê pessoas felizes morrendo acidentadas, sofrendo crises cardíacas, balas perdidas, em fim, pessoas felizes morrendo enquanto ele(a) cheio de problemas gostaria de deixar esta vida e não consegue.

O amigo Eliú vem acusando Jó de elevar os seus valores diante de Deus, eu mesmo até não discordo, pois eu me considero apenas mais um ser humano, se nenhum valor diante de Deus, mas na minha maneira de ver essa não seria a hora de criticar o nosso amado personagem. — Eliú disse mais: Vocês que são sábios e instruídos, escutem o que vou dizer. Assim como os ouvidos julgam o valor das palavras, e o paladar prova os alimentos, assim nós agora vamos examinar o caso e resolvê-lo do jeito que nos parecer melhor. Jó está dizendo que é inocente e que Deus não quer lhe fazer justiça. E pergunta: ‘Como é que eu poderia mentir, dizendo que estou errado? Sofro de uma doença que não tem cura, embora não tenha cometido nenhum pecado. (Bíblia Sagrada) Jó 34: 1-6.

Na verdade aqui, o que para Deus era só mais uma prova do Seu servo, para Jó era mais uma grande, mais uma insuportável desgraça. Porém quando nós nos colocamos na direção de Deus, e assim persistimos não dando mais espaço para o maligno nas nossas vidas, chagará a hora em que O Deus Todo-Poderoso acaba nos dando atenção, mesmo não sendo nós merecedores de coisa alguma. E na vida de Jó não poderia ter sido diferente, pois apesar de todas as desgraças acontecendo na vida dele, ele Jó permaneceu fiel ao seu Criador! Logo em seguida veremos essa realidade, Deus se manifestando, Deus falando com o seu servo Jó, quando pergunta: — Depois disto, o SENHOR respondeu á Jó de um redemoinho e perguntou: Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento?

Agora cinge os teus lombos como homem; e perguntarei, e, tu, responde-me. Onde estavas tu quando eu fundava a terra? Me faça saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se tu o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? (Bíblia Sagrada) Jó 38: 1-5. Logo em seguida você lerá uma frase que muito me chama a atenção: — Quem é que alimenta os corvos, quando andam de um lado para outro com fome, quando os seus filhotes gritam á mim pedindo comida? (Bíblia Sagrada) Jó 38: 41. Quem trata do filhotinho de urubu? Ora, sou Eu Jó. O que mais me chama atenção, é que Deus poderia ter usado qualquer ave como exemplo, porém preferiu usar o (bichinho mais nojentinho), o filhotinho de corvo, o urubu Médio Oriental, como exemplo.

 

P 16

Pois na verdade, toda a criação, toda a Existência lhe pertence, e assim, um urubuzinho á menos, ou um urubuzinho mais para Deus não faz diferença, aliás, depois dessa até eu aprendi há amar e me preocupar com o urubu americano. E assim aqui num sentido de fazer Jó saber que Deus o seu Criador, o acompanhava á cada gemido, o Senhor fala para ele, para Jó, que todas as coisas estão nas suas determinações. Inclusive o filhotinho de urubu, quando grita com fome! Aqui logo á seguir começamos á ver que o sofrimento do nosso amigo, do homem de Deus começava á amenizar, começava aqui um pouco de alívio. — Depois que acabou de falar com Jó, o SENHOR disse á Elifaz, da região de Temã: — Estou muito irado com você e com os seus dois amigos, pois vocês não falaram a verdade á meu respeito, como o meu servo Jó falou.

Agora peguem sete touros e sete carneiros, levem á Jó e ofereçam como sacrifício em favor de vocês. O meu servo Jó orará por vocês, e eu aceitarei a sua oração e não os castigarei como merecem, embora vocês não tenham falado a verdade á meu respeito, como Jó falou. Então Elifaz, que era da região de Temã, Bildade, que era da região de Sua, e Zofar, que era da região de Naamá, foram e fizeram o que o SENHOR havia mandado, e Ele, Deus aceitou a oração de Jó. (Bíblia Sagrada) Jó 42: 7-9. E aqui finalmente o Senhor começa á repreender os amigos de Jó, e á ordena-los á oferecer-lhe sacrifícios, para perdão dos seus pecados. Certamente chegou a hora deles se retratarem com Jó e pedir-lhe desculpas por tudo o que aconteceu, assim eles alcançaram perdão de Jó, alcançaram perdão de Deus, e assim nós temos a oportunidade de ver Jó orando pelos seus amigos.

— Depois que Jó acabou de orar pelos seus três amigos, o SENHOR fez com que ele ficasse rico de novo e lhe deu em dobro tudo o que tinha tido antes. Todos os seus irmãos e irmãs e todos os seus amigos foram visitá-lo e tomaram parte num banquete na casa dele. Falaram de como estavam tristes pelo que lhe havia acontecido e o consolaram por todas as desgraças que o SENHOR havia feito cair sobre ele. E cada um lhe deu dinheiro e um anel de ouro. O SENHOR abençoou a última parte da vida de Jó mais do que a primeira. Ele chegou a ter catorze mil ovelhas, seis mil camelos, dois mil bois e mil jumentas.

Também foi pai de sete filhos e três filhas. À primeira deu o nome de Jemima; à segunda chamou de Cássia; e à terceira, de Querém-Hapuque. No mundo inteiro não havia mulheres tão lindas como as filhas de Jó. E o pai as fez herdeiras dos seus bens, junto com os seus irmãos. Depois disso, Jó ainda viveu cento e quarenta anos, o bastante para ver netos e bisnetos. E morreu bem velho. (Bíblia Sagrada) Jó 42: 10-17. A Igreja Evangélica Assembléia de Deus, tem um livro de cânticos chamado Harpa Cristã: E nele tem uma música, um Hino cuja letra diz mais ou menos assim: Se tu minha alma há Deus suplicas, e não recebes confiando ficas. Em suas promessas que são mui ricas, e infalíveis para te valer!

Na verdade, aqui seria o que os amigos de Jó deveriam ter feito, não criticando, mas sim incentivando a Fé do seu amigo, proporcionando-lhe assim forças para prosseguir, e não perturbando à sua vida já tão deteriorada. Como você já leu lá atrás, se valeu a pena tanto sofrimento nesta vida eu particularmente não sei, de uma coisa nós temos certeza, Jó, o homem de Deus cumpriu todas as determinações há ele confiadas por Deus. Que a sua vida e a minha vida, a partir então, possa ser realmente confiada há Deus o nosso Amado Criador! Que mesmo na hora da dor, você e eu possamos glorificar ao Deus Todo-Poderoso!

 

Sem mais Atenciosamente:

 

Pr. Manoel Teixeira

Site: www.assotera.com

E-mail: man.tex@hotmail.com

Fones: (47) 3248-5126 / Cel. 99985-7616 WA

ASSOCIAÇÃO TEOLÓGICA RENASCER

 

 

 

 

 

 

                                                                                                                                                                                                                  

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.